top of page
banner-sobre.jpg

Avaliação Do Potencial Neuroprotetor De Peptídeos Canabinoides Da Família Da Hemopressina Em Culturas Pós-Natais De Córtex De Rato

Matheus Heidemann Tempone

Matheus Heidemann Tempone

Os peptídeos canabinoides configuram uma nova classe de ligantes endógenos que apresentam efeitos promissores no controle da dor, apetite e convulsões, além de induzir geração de células neurais. A produção desses peptídeos aumenta após insultos em modelos in vivo e apresentam efeitos neuroprotetores em modelos experimentais de doenças autoimunes e de Alzheimer. Experimentos com células progenitoras da zona subventricular apontam para uma participação desses peptídeos na neurogênese e oligodendrogênese. Apesar dessas evidências promissoras, pouco se sabe sobre seu mecanismo de ação à nível celular. Desse modo, pretende-se investigar o potencial neuroprotetor desses peptídeos e a influência em circuitos neurogliais, para melhor compreender suas ações. Para isso, serão utilizados diferentes modelos de cultura de primária de córtex, ou tecido cerebral, em um conjunto de técnicas bioquímicas e de imageamento para investigar as vias intracelulares moduladas e a influência desses ligantes frente a insultos oxidativos.

Quer saber mais sobre o nosso time?

Entre em contato pelo email contatotimecannabis@gmail.com

bottom of page