top of page
banner-sobre.jpg

Explorando o Sistema Endocanabinoide como Alvo Terapêutico na Degeneração das Células Ganglionares da Retina

Dio Pablo Alexandrino de Mattos

Dio Pablo Alexandrino de Mattos

O glaucoma é a principal causa de cegueira irreversível no mundo e apresenta um crescente aumento em sua incidência devido ao envelhecimento da população e ao aumento da expectativa de vida. Essa doença neurodegenerativa resulta na morte das células ganglionares da retina, responsáveis por transmitir as informações visuais da retina ao cérebro para interpretação, resultando em uma perda progressiva e silenciosa da visão. Os principais fatores de risco associados ao glaucoma são o aumento da pressão intraocular e o avançar da idade, impactando negativamente a qualidade de vida dos pacientes e gerando importantes prejuízos econômicos. As estratégias farmacológicas atualmente disponíveis para o tratamento do glaucoma se baseiam principalmente no uso de colírios hipotensores, que têm como objetivo retardar a progressão da doença. No entanto, estes tratamentos apresentam várias limitações, uma vez que conseguem apenas atrasar a neurodegeneração. 

Diante desse cenário, investigamos a terapia com canabinoides como uma estratégia neuroprotetora na progressão do glaucoma, devido às evidências que apontam para seu potencial em atenuar a neurodegeneração e reduzir a pressão intraocular. Apesar de promissora, a pesquisa com canabinoides para o glaucoma ainda é escassa, e a manipulação do sistema endocanabinoide como alvo terapêutico na degeneração glaucomatosa não tem sido muito explorada. Portanto, é de extrema importância que se aprofunde a investigação nessa área, visando desenvolver novas abordagens terapêuticas eficazes para o tratamento do glaucoma e proporcionando uma melhor qualidade de vida aos pacientes afetados por essa condição incapacitante.


Quer saber mais sobre o nosso time?

Entre em contato pelo email contatotimecannabis@gmail.com

bottom of page