top of page
banner-sobre.jpg

Phytocannabinoids and Cannabis-Based Products as Alternative Pharmacotherapy in Neurodegenerative Diseases

Home /
Publicações

Sobre o projeto

Paes-Colli Y et al. Phytocannabinoids and Cannabis-Based Products as Alternative Pharmacotherapy in Neurodegenerative Diseases: From Hypothesis to Clinical Practice. Front Cell Neurosci. 2022; 16:917164. doi: 10.3389/fncel.2022.917164.

Resumo

Historicamente, a Cannabis foi uma das primeiras plantas a ser domesticada e usada na medicina, apesar da quantidade de produtos ou medicamentos à base de Cannabis ter crescido mundialmente apenas nos últimos anos. Estudos pré-clínicos prévios e poucos ensaios clínicos publicados têm demonstrado a eficácia e segurança dos medicamentos à base de Cannabis em humanos. De fato, esses medicamentos são usados para tratar múltiplas condições patológicas, incluindo doenças neurodegenerativas. Na prática clínica, os produtos de Cannabis já vêm sendo introduzidos nos esquemas de tratamento de pacientes acometidos pela  doença de Alzheimer, pela doença de Parkinson e pela esclerose múltipla, e os mecanismos de ação por trás das melhoras reportadas na clínica e na progressão da doença estão associadas com suas propriedades anti-inflamatórias, imunossupressoras, antioxidantes e neuroprotetoras, devido à modulação do sistema endocanabinoide. Nesta revisão, foram descritos as funções exercidas pelo sistema endocanabinoide na patofisiologia da doença de Alzheimer, doença de Parkinson e da esclerose múltipla, principalmente a nível neuroimunológico. Também discute-se a evidência para correlacionar os fitocanabinoides e seus efeitos terapêuticos a essas desordens, descrevendo os principais estudos clínicos realizados até agora acerca da performance terapêutica de medicamentos à base de Cannabis.


Quer saber mais sobre o nosso time?

Entre em contato pelo email contatotimecannabis@gmail.com

bottom of page